O que as Reactions do Facebook querem dizer?

reactions

Entender como o usuário responde ao conteúdo oferecido por sua marca é fundamental, pois pode nortear o tom do conteúdo da página e balizar essa abordagem com seus interesses. É necessário saber qual a reação que desejo do meu público com aquele conteúdo, para em seguida mensurar cruzando minuciosamente o retorno obtido. Por exemplo, se o conteúdo é emocional, como uma campanha de arrecadação de agasalhos para o inverno, a reação desejada pode ser a tristeza. Já para uma denúncia, como em algum caso envolvendo violência, a raiva seria bem compreendida. Com essas novas formas de interação, não há o óbvio: o sentimento dos usuários podem apontar qual o caminho a seguir com o seu conteúdo, campanha e até mesmo posicionamento na mídia social.

“Existem várias métricas na internet que projetam como calcular as reações, mas, basicamente, a maioria se concentra em dar peso positivo as reações positivas (love, haha e wow) e peso negativo as negativas (sad, grr) e depois dividir pelo total de reações. Entretanto, a análise em BI deve ser pautada não apenas nos indicadores de reações do público, mas sim, no conteúdo que foi gerado”, explica Jackson Alarcon, coordenador de Buzz Intelligence do iCustosmer, exemplificando: “algumas publicações tem conteúdo humorístico e de inovação. Com isso, as reações “haha” e “wow”, respectivamente, são as mais esperadas pela marca. Ao analisar as reações baseado no tipo de conteúdo, percebemos algumas reações que não estavam conectadas com a publicação. Ao fim, verificamos alguns usuários “não satisfeitos” com as inovações da cia., reagiram de forma negativa ao conteúdo previamente estimulado para receber “wow” .

Porém, Jackson alerta quanto aos cuidados que a análise deve levar: “Em reactions, se deve prestar atenção no que o conteúdo gerado pretende alcançar em seus usuários, sendo que, algumas vezes, seja proposital a reação “sad”, por exemplo. Sendo assim, esta não pode ser levada em consideração como uma “reação negativa”, mas sim, uma reação influenciada pela publicação. Portanto, a análise do conteúdo deve ser realizada antes de qualquer outra análise em reactions”, conclui.

Deixe uma resposta