#JuntoEMisturado- nova API do Twitter permite cruzar informações sobre sua audiência

Saber detalhes sobre o seu público é sempre importante, já que ajuda a direcionar os esforços de campanha, se relacionar melhor com os clientes e fãs e até mesmo entender melhor sua própria audiência. E agora, dados como idade, localização, interesses e até mesmo os programas de TV preferido estão acessíveis em primeira mão para os clientes da iCustomer!

As marcas que utilizam nossa ferramenta de monitoramento e relacionamento com os clientes nas mídias sociais podem, com a nova API, consultar informações de um grupo de usuários dentro da plataforma iCustomer! Agora, fãs e clientes que curtiam ou retweetaram uma publicação da sua marca podem ser identificados por mais de tipos de dados: Gênero, Idioma, Interesses, País, Estado, Cidade, Operadora de Telefonia móvel e o sistema operacional do aparelho (caso o usuário esteja acessando de um dispositivo móvel), e os gêneros e programas de TV preferidos do usuário.

Todas as informações sobre a audiência podem ser consultadas dentro da plataforma, ao selecionar os perfis do Twitter em um grupo para ser analisado pela API, e também extraídas em um relatório! Praticidade e dados valiosos para melhorar o relacionamento com os seus fãs, diretamente na ferramenta iCustomer!

twitter+mention

Múltiplas contas, agora, no Instagram

O Instagram lançou novo recurso que permite acessar até cinco contas diferentes da rede com o mesmo login. A novaa funcionalidade já está disponível para a versão 7.15 do iOS e para Android.

A novidade facilita o trabalho de quem administra diversos perfis na rede, sem a necessidade de efetuar e desfazer o login em cada uma das contas todas as vezes que precisar gerenciar o conteúdo. Para cadastrar múltiplas contas no seu login basta acessar as configurações de perfil, clicar em “Adicionar Conta” e inserir nome de usuário e senha.

Instagram 2     image1 (2)   Instagram 3

 

Se você deseja ter uma visão mais completa da sua marca no Instagram e em outras redes sociais, a plataforma iCustomer é ideal para o atendimento e monitoramento dos seus canais oficiais. Para testar, entre em contato conosco no marketing@icustomer.com.br ou (11) 5091 2777

Oi, prazer. Meu nome é marca. Vamos conversar?

home-people

Conversar com alguém que troca de opinião a cada cinco minutos pode ser desafiador. Fica sempre aquela “pulga atrás da orelha”: quem é essa pessoa? A verdade é que a confiança nasce com uma identificação entre as pessoas, uma empatia. Cada um tem um traço forte, um jeito de ser e de se comunicar. Características que marcam sua personalidade. Algo que nos faz lembrar dela. Da mesma forma, são as marcas de mercado.

A marcas têm história, tem atributos, um jeito de falar com o consumidor que lhes é próprio e que, quando expressas de forma homogênea e consistente em todos os seus canais, na Internet, no ponto de venda e em toda em qualquer interface com o seu público, as faz lembradas e até admiradas.

Mas como dar unicidade na voz da marca quando tantos parceiros, canais e meios de comunicação estão falando dela?  Uma das estratégias pode ser a criação da Brand Persona, uma personagem para guiar o comportamento da marca e unificar seu discurso.

E por quê a gente acredita nessa estratégia e recomenda?

  • A Brand Persona pode diferenciar a conversa da sua marca das outras. Uma personalidade de marca forte reforça sua presença na lembrança dos consumidores. Facilita a aproximação da marca com seus públicos e, no caso de interações nos canais sociais, permite uma interação online mais consistente.
  • Atribui um discurso coerente em suas comunicações e interações de relacionamento, fundamental na conversa online com seus consumidores. Um discurso condizente com sua personalidade facilita a construção da confiança, elemento primordial para negócios que funcionam na Internet.

 

Como criar uma Brand Persona em 5 passos

  • Inspire-se no seu coração

Pergunte a você mesmo e aos colegas: o que move a sua marca? Quais seus valores? Como eles podem ser traduzidos? O que descreve sua marca? Como nós, as marcas são fruto dos valores de alguém ou alguns que perpetuaram e tiverem pessoas que acreditaram neles. No caso da Apple seriam: inovação, sonho, inspiração. Já para a Levi’s, por exemplo: rebeldia, sensualidade e juventude. A partir dos valores identificados, tente traçar o biótipo da sua persona: jovem, tradicional ou descolada, formal ou informal, usa determinados tipos de verbos, quais lugares frequenta, curte ou não alguns adjetivos, etc.

 

  • Escute o que falam sobre a sua marca

Com a Internet temos mais de um amigo sincero. Esteja certo de que falam e muito sobre a sua marca. E pode ser algo bom ou ruim. Portanto, prepare-se e levante um diagnóstico na Internet sobre a percepção dos consumidores e demais públicos sobre a sua marca. Você vai descobrir características importantes sobre ela que você poderá adicionar e compor melhor sua Brand Persona.

 

  • Defina o perfil completo

Quem sou eu? Sou homem ou mulher? Sou sério ou descolado? Nessa fase do processo é hora de definir as principais características da persona. Reúna novamente os colegas e, com base nos valores e na pesquisa do consumidor, defina o sexo, idade, profissão, gostos. Uma ferramenta que pode ser usada para determinar seu aspecto emocional é o mapa da empatia representado abaixo. Ao preencher cada um dos campos do quadro, você conseguirá visualizar melhor o perfil criado.

mapa da empatiaa

 

  • Elabore sua conversa

Como sua marca reagiria ao receber um elogio? E a uma reclamação? Determine um conjunto de expressões que combinem com as características e personalidade da marca para ser usado em situações como respostas a elogios, reclamações, pedido de desculpas ao cliente, entre outros nos canais de atendimento e pontos de contato com o cliente. Esse será seu Voice Deck.

O Voice Deck deve ser alinhado com o tom de voz do item anterior. É por eles que você define se a persona terá uma linguagem mais formal ou informal.

image (3)

  • Renove sempre

Uma marca evolui e se renova a cada dia. Portanto, revitalizações ao longo da sua vida são sempre importantes e uma estratégia saudável no mercado. A cada renovação de marca vale criar uma nova Brand Persona.

 

Para saber mais sobre a Brand Persona ou como entender seu público, nossa equipe de SAC 2.0 está à disposição. Conheça mais aqui ou entre em contato conosco no marketing@icustomer.com.br ou (11) 5091 2777

A teoria matemática dos conjuntos e a rede social ou a mídia social

Afinal, qual a diferença de uma da outra? Ou uma em outra? Essa conversa lembra muito aquelas aulas no primário da escola, quando a professora desenhava na lousa (ai, Gizuzzzz, a lousa!) os conceitos básicos da matemática dos conjuntos: estar contido e não estar contido. Esse é um caminho bem legal para começar a divagar sobre as diferenças conceituais de rede social e mídias sociais, sem ser tão teórico, ditador de regras, xiita ou chato. Vamos tentar.

– Rede Social ≠ Mídia Social: O conceito de rede social refere-se ao relacionamento entre as pessoas, os laços que elas estabelecem, seja no mundo off-line ou online – ou seja, algo existente na sociedade desde a sua configuração inicial. Já as mídias sociais são as plataformas que utilizamos para nos comunicar, passando informações e dados para as pessoas que dessa mídia fazem parte.

– Rede Social ⊂ na Mídia Social: enquanto base e estrutura de pessoas que se relacionam entre si.

– Mídia Social ⊂ na Rede Social: enquanto sistema de comunicação e relacionamento online.

– {Rede Social ∪ Mídia Social}: sociedade cibercultural, a configuração da sociedade em que vivemos atualmente. A Rede Social e a Mídia Social convivem de maneira uníssona e integrada, tornando o processo de comunicação híbrido e estreitando a tênue linha entre o real e digital – já que uma realidade interfere diretamente na outra.

Essa coexistência entre o ambiente da Rede Social e Mídia Social está causando uma verdadeira revolução não apenas no modo com que uma pessoa se comunica com a outra – em termos de acessibilidade e velocidade. Essa revolução se espalha a outros setores da sociedade, como a própria economia, já que a Mídia Social também se tornou uma fonte de renda para muitos e consolidada com uma alta movimentação financeira, havendo, inclusive, negócios que funcionam apenas nesse habitat. Essa revolução, também, configura, de outra forma, os tipos de relacionamento que se estabelecem. A sociedade é viva e mutante. E a certeza de que muita água ainda vai rolar nessa rede ciber, viu.

 

Até a próxima!

Twitter: um passarinho com uma estrela no coração

image (3)

O Twitter trocou o botão “favorito” (star-favorite-engagement-social-media), para “curtir” (twitter-heart), símbolo já predominante em outras redes sociais e teve reação imediata de seus usuários com direito a criação de memes.

Nas primeiras 24 horas após a mudança, a plataforma iCustomer capturou mais de 50 mil tuítes sobre o assunto. O tom das manifestações foi bastante emotivo. Os usuários declararam sentir saudades da estrela e criaram hashtags, como: #RIPStar e #RIPestrelinha. Houve até quem comparou a a mudança a cena final do filme Velozes e Furiosos, com a separacao dos protagonistas, Paul Walker e Vin Diesel. A comoção gerada demonstrou o quanto o brasileiro curte e é apegado à rede.

estrela twitter

O Twitter falou…

A rede social justificou a mudança em seu blog oficial dizendo que o coração é um ícone universal, compreensível em diversas culturas e mais fácil de ser usado, já que uma pessoa pode curtir diversas coisas que nem sempre são suas favoritas. Ainda segundo o Twitter, a novidade passou por testes nos últimos três anos e foi aprovada pela maioria dos usuários envolvidos.

Quanto mais simples melhor

A troca da estrela pelo coração já era um movimento esperado pelo mercado e veio um mês depois em que o Facebook anunciou testes com o botão “Reactions”, que permite a escolha de uma reação como um sorriso ou uma cara de bravo para o usuário se expressar, em substituição ao “Curtir”.

Bruna Bomfim, gerente de Buzz Inteligence da iCustomer-Plusoft, afirma que a alteração no Twitter e os novos testes do Facebook seguem a tendência das redes sociais em simplificar e humanizar a experiência do usuário para incentivar o engajamento nas publicações e, consequentemente, aumentar o interesse das marcas por elas. Ainda no caso do Twitter, ela ressalta a importância das marcas monitorarem as alterações no desempenho de seus perfis oficiais a partir da mudança de ícones para entender melhor o comportamento de seus seguidores mais especificamente.

Para ler o texto oficial do twitter sobre a mudança, acesse o blog. Se quiser conversar sobre como a iCustomer pode ajudá-lo a monitorar seu desempenho no Twitter, entre em contato conosco no telefone (11) 5091 2777 ou marketing@icustomer.com.br